Buscar
IBC Coaching

Professor Gretz
Bassos & Associados
Abrinq
Apdata
Banner p e n

Destaques

Entrevista: o reaquecimento no mercado de trabalho

3/7/2009


Ainda que muito suavemente, o mercado de trabalho está reaquecendo. Pelo menos é o que mostram os indicadores da Human Management Systems Brasil (empresa prestadora de serviços em consultoria, recrutamento e seleção de pessoas). De acordo com a empresa, desde abril há um crescimento na demanda de tendências no setor de recrutamento e seleção, além de gestão de negócios e de RH. Em entrevista exclusiva ao RHCentral, Fernando Montero da Costa, diretor de operações da empresa, fala mais acerca o tema.

 

RHCentral: Qual a relevância do "reaquecimento" para o mercado de trabalho?

 

Costa: É a retomada do crescimento econômico do país e o consequente aumento e/ou reabertura das vagas de emprego, suspensas por conta da crise. Espera-se, com isto, que a demanda por empregos seja retomada, porém não nos mesmos níveis do ano de 2008 (pelo menos até o mês de setembro). Tomamos esse parâmetro com base em nossos indicadores internos de desempenho correspondente ao nível de aberturas de vagas para o setor de recrutamento e seleção, que costumamos realizar nas empresas contratantes de nossos serviços.

 

RHCentral: O que é necessário fazer para atender todos os profissionais?

 

Costa: Em termos econômicos, o efeito crise pode ser minimizado. Já em relação à expansão do número de vagas, as empresas devem se sentir mais seguras com relação à administração do seu fluxo de caixa e/ou alternativamente contarem com mais crédito disponível no mercado. Isto porque mesmo após a crise, muitas empresas, depois de ter reduzido o seu quadro de pessoal, tiveram que abrir mão de suas reservas e ativos próprios para não se endividarem, contando com a reposição de pedidos por parte de seus clientes, o que na prática está ocorrendo em ritmo mais lento do que o esperado. Já com relação às empresas que não estavam muito bem capitalizadas antes da crise, o cenário não foi muito agradável, pois sem muita opção de crédito disponível no mercado, mesmo tendo dispensado funcionários, não conseguiram equilibrar seus resultados de caixa.

 

Consequentemente, a geração de novos postos de trabalho para atender todos os profissionais tem um forte vínculo com a aprovação de novas medidas governamentais relacionadas à aceleração da disponibilidade de crédito no mercado, tanto para reforço emergencial de caixa, quanto, principalmente, para a continuidade de investimentos por parte das empresas, muitas delas advindas de recursos do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), cuja liberação, tarda em acontecer.

 

RHCentral: Para reter talentos, é necessário uma alta demanda de conhecimento voltado à área de recrutamento e seleção, assim como: desenvolvimento e formação de profissionais, consultoria estratégica, além de gestão de negócios e de recursos humanos. Qual estratégia deve ser adotada para melhor se adaptar em tempos de crise?

 

Costa: Em primeiro lugar, quem sofre mais é normalmente a área de recrutamento e seleção, pela extinção ou suspensão das vagas, em função da contenção de gastos, e/ou impossibilidade de crescimento por parte das empresas. Com o decorrer do primeiro semestre de 2009, percebemos uma lenta e gradual recuperação deste setor. O que na verdade observamos é que, nesse processo de retomada, muitas empresas têm nos procurado para auxiliá-las em processos de avaliação de seus gestores.

 

Pois, você consegue identificar melhor quais são os profissionais que estarão comprometidos com a travessia num cenário de crise e, através de um processo de avaliação, identificar aqueles que merecem receber um melhor preparo/capacitação para se tornar um profissional de alta performance para as organizações. Nessa linha, entendemos que seja propício no cenário atual, trabalhar as lideranças a fim de fortalecer seus pontos fortes e melhorar seus pontos frágeis.



Veja mais em:


Recrutamento e Seleção: tendência e mercado




Veja mais destaques

EDITORIAS


Áreas de Conteúdo

Top of Mind de RH

Top of Mind de RH

Redes Sociais

Facebook Flickr Orkut

Fan Pages